The Kindness of Our Heart (PT/EN)

A bondade pode bem ser o antídoto para o que causa tensão e stress na nossa vida. Quando o corpo está tenso, muitas vezes numa resposta inconsciente a algo que identificou como um perigo e noutras vezes com a construção mental de cenários que não existem no momento presente, podemos sempre que quisermos recorrer a atos de bondade, seja com os outros seja connosco, para logo sentirmos melhorias no nosso bem estar emocional.

Um ato de bondade pode passar por ponderarmos um pouco antes de veicularmos a nossa opinião junto de outra pessoa. Assim, podemos ponderar por uns momentos se o que vamos dizer é útil a essa pessoa, se acrescenta valor ao tema que se está a discutir e por fim se acrescenta bondade na vida dessa pessoa. Reunidas estas premissas podemos então avançar estoicamente.

Cultivando a arte de ouvir, começando por nos abstermos de interromper o outro, estando presentes e quando pedido acrescentarmos algo útil, valoroso e bondoso, damos início ao processo de aprendizagem de nos ouvirmos a nós próprios, de estarmos presente para esta pessoa que aqui está. Esta pessoa que tem bons dias, mas também tem maus, que por vezes alimenta esperanças e outras vezes é dramática, que por vezes acerta e outras vezes erra abundantemente, que às vezes é corajosa e outras vezes muito temerosa.

Agora sim poderemos começar a ouvir também esta pessoa pesando se é útil o que vamos acrescentar, sem a interromper e por fim se estamos a acrescentar bondade na vida desta pessoa.

#Aceitação #Amor Incondicional


EN

Kindness may well be the antidote to what causes tension and stress in our lives. When our body is tense, usually in an unconscious response to something it has identified as a danger and at other times with the scenarios that it mentally construct, we can resort every time to acts of kindness either with others or with ourselves as a way to improve our emotional wellbeing.

An act of kindness may involve pondering a little bit before conveying our opinion to another person. So we can ponder for a few moments if what we are going to say is useful to that person, if it adds value to the discussion and finally if it adds kindness to the person’s life. If these premises are confirmed we can then proceed stoically.

In cultivating the art of listening, starting by refraining from interrupting the other, being present and when asked adding something useful, valuable and kind, we begin the process of learning to listen to ourselves and being more present to this person that we are. This person that has good days but also bad ones, who sometimes has hopes and other times is very dramatic, who sometimes gets it right and other times makes a lot of mistakes, who is sometimes brave and other times very fearful.

So now we can start to listen to this person weighing wether we are adding something that is useful to us, without interrupting and mostly if we are adding kindness to this person’s life.

#Acceptance #Inconditional Love

Publicado por Joana Mourisco

Nasci no Porto em 1978 e a minha formação académica é de engenharia. Desde que me lembro que questiono quem sou e se realmente me conheço. E é desta forma que vivo os dias, à procura de me conhecer um pouco mais.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: