Mind blowing

A minha mente é muito séria e confiante nela mesma. Crua, desnorteante, rígida, com regras muito próprias. Ela tem uma voz que dita o que quer que se faça, agora isto, daqui a pouco pode ser o oposto. Tanto me diz que o que fiz estava correcto, como passado uns instantes determina que poderia ter feito de forma diferente. Não tem qualquer réstea de compaixão e carinho por este corpo.

Ela cria espaços assoberbadores de pânico e de medo, totalmente vertiginosos.

Agora, e se eu pudesse questionar esta mente, estas ideias que surgem de forma ditatorial? Será que afinal está tão certa quanto isso? E os cenários que cria serão assim tão verosímeis quanto isso?

#clareza #medosindefinidos #floraisde anura

Os meus olhos

O que significa para ti quando te questionam sobre algo que possas não ter feito bem? Ou quando alguém te grita?

Já paraste para pensar quais as situações que identificas como perigosas para ti? Em que reages de forma defensiva? Sem qualquer espaço para em verdade compreenderes o que está a acontecer.

Quais são os teus gatilhos e o que te podem dizer sobre ti? Que és uma pessoa insegura? Que és uma pessoa que não consegue ver injustiça no mundo (e ver onde não és justa contigo)?

De que forma vês o mundo? Em que situações é que naturalmente ele ameaça a tua existência?

#clareza

Quando tenho sempre razão

Mais cedo ou mais tarde tudo o que dito, acontece. Antes não tivesse sempre razão. E aperto todo o meu corpo, tensionado, sem margem para erros. E esta torna-se uma realidade para muitos, a tensão, a constrição, a rigidez, a extrema dor quando algo não corre de acordo, as dores de cabeça, a irritabilidade e a falta de espaço mental para ouvir o ponto de vista do outro.

E por vezes oscila-se, e quando o dia não está a ser favorável, e se bate constantemente nas ombreiras das portas, se entala os dedos nas gavetas, se deixa cair algo que ainda nos atrasa mais a vida porque suja, e só chove, e deixamos em casa a roupa para ir ao ginásio ao final do dia, e perdemos a última actualização daquela preciosa folha de excel, aí percebemos de uma forma muito agreste, tensa com a vida que não fazemos nada de jeito.

Será então que temos sempre razão, ou que não fazemos nada de jeito? Ou será que às vezes temos razão, outras vezes nem tanto, e às vezes as coisas saem bem feitas e outras vezes nem por isso. Mas principalmente, será que naquele momento, naquelas condições, saberias fazer de forma diferente?

#AmorIncondicional

 

Self Image

Que imagem tens de ti mesmo?

Que és uma boa mãe/pai? Que sem ti o mundo não funciona e és muito desenrascada(o)? Que és muito profissional? Que és uma pessoa que escolhe sempre os valores familiares? Que defendes os indefesos, oprimidos e por isso sempre do lado da justiça?

Tira um momento e escreve sobre aquilo que dedicas tanta energia a defender. Quando entras num espaço onde estão outras pessoas, o que queres que essas pessoas pensem de ti?

Mas mais importante, o que não queres que as pessoas pensem de ti? O que escondes atrás se tanta energia dispendida?

#mascaras #aceitacao #alquimia