How do you celebrate your day? (PT/EN)

Existe algo de mágico em cada dia, nem que seja só pela possibilidade de podermos vivê-lo. Podemos pensar em tudo o que temos a agradecer, a família, os amigos, tudo o que nos faça felizes e um pouco mais completos, mas o que tenho percebido é que tudo isso é um bónus que vem daContinue a ler “How do you celebrate your day? (PT/EN)”

Back To The Basics (PT/EN)

Houveram momentos na nossa infância em que acreditamos haver algo de errado connosco. Fosse a forma efusiva e descontrolada com que brincávamos e nos magoávamos, ou quando expressávamos a nossa vulnerabilidade com um choro, uma birra. Mesmo aconchegados pelo carinho no seio da família, percebemos cedo que estávamos sozinhos a ser quem éramos, a expressarmo-nosContinue a ler “Back To The Basics (PT/EN)”

The Indivisible Number One (PT/EN)

É bem verdade que se parte sozinho, mas em boa certeza também se vive sozinho. Podemos ocupar espaço com outras pessoas, com trabalho, com viagens e outras ocupações & distrações. Mas se prestarmos bem atenção, vivemos a nossa vida sozinhos. Ninguém entende a plenitude de quem somos, nem nós mesmos, nem a forma como experienciamosContinue a ler “The Indivisible Number One (PT/EN)”

The Person That I Sleep With (PT/EN)

Se são fãs de séries, filmes e livros envolventes, bem vindos ao meu mundo. E se forem bem românticos, então acabaram de acertar bem na espinha dorsal daquilo que a mim me ausenta de mim mesma. E não é igual para todos, pode ser a atenção na vida alheia, a preocupação pelo dia de amanhã,Continue a ler “The Person That I Sleep With (PT/EN)”

Can I Make Myself Happy? (PT/EN)

Esta questão tem estado aqui, a pairar junto da minha cabeça. Será que é possível eu conseguir fazer-me feliz? Ou será que são os outros que me trazem essa felicidade? Pela atenção deles, pela companhia, pelas partilhas, pelo amor deles? Será que sem isto eu conseguiria ser feliz, isto é, conseguiria estar em paz, calmaContinue a ler “Can I Make Myself Happy? (PT/EN)”