Allow It

É de pequenas decisões que preenchemos o nosso dia. Agora isto, daqui a pouco aquilo. E é esta a única real força que temos sobre a nossa vida. As nossas decisões. E não quer dizer que estejamos conscientes quando as tomamos.

E que tal experimentar-mos algo novo. Por exemplo aquela voz repetida na cabeça, que naquele dia só se lembra de todas as situações em que achamos que fizemos tudo errado, e se calhar em vez de nos dedicarmos a ouvir esta mente neurótica, nos decidíssemos fazer algo diferente. Ler algo que nos entusiasme, falar com uns amigos, dispensando aquela conversa íntima, inútil, que em nada nos ajuda, ou melhora o nosso dia.

E se normalmente quando alguém rejeita algo que fazemos, e sentimos mágoa e normalmente nos fechamos e afastamos, que tal estender a mão, mantermos-nos presentes, fazer diferente. O que achas que de tão apocalíptico pode acontecer.

E se quando algo que não gostamos acontece, que tal permitirmos-nos recordar de todas as vezes em que correu bem.

E que tal te permitires?

#Aceitação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s