My own conditions

Para eu ser feliz determinei uma lista de coisas a concretizar:

– Quero uma casa térrea num outeiro, com uma piscina revestida a pastilha verde esmeralda. Os móveis em madeiras exóticas trabalhados por artesãos na Indonésia, tapetes Bereberes, e por aí fora.

– Quero um companheiro nórdico, especificamente da Islândia, daqueles que em fins de semana solarengos passeiam os filhos vestidos em calça curta de sarja e sapato sem meia;

– Quero um trabalho enriquecedor, dedicado ao desenvolvimento da qualidade de vida no planeta, que tenha em atenção as minhas necessidades e desenvolva os aspectos em que me sinto mais frágil;

– A lista continua..

Perante isto, posso constatar que é de uma crueldade atroz estabelecermos condições para a nossa felicidade,  apenas se tudo isto e nada menos do que isto se realizar serei eternamente feliz.

Será mesmo? Será que a minha felicidade, e mais ainda, a forma como pressiono a minha vida nesse sentido, se limita a uma to do list?

E mais ainda, será que o autocontentamento está ao meu alcance?

#amorincondicional #harmonia #clareza

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s