Monthly Archives: Junho 2018

O fenómeno da desmultiplicação

Isto de raciocínios rápidos, de contas em cima do joelho, de pressupostos corridos, de conceitos pouco flexíveis.

Vai com calma.

Se calhar a tua vida não é assim tão má, as pessoas não são assim tão aproveitadoras da tua boa vontade ou ingenuidade, o mundo não é assim tão castigador.

Assim quando te vem o pensamento, não tenho sorte nenhuma. Pára por um momento e pensa em quantas coisas boas te aconteceram hoje. Será que aquela situação isolada representa toda a tua vida?

Quando o pensamento vem de, não tenho dinheiro para fazer o que gosto. Será que consegues ver onde tens as tuas pequenas indulgências?

Quando o pensamento vem de, nada do que faço fica em condições. Será que nada mesmo?

Quando o pensamento vem de, a vida é difícil. Será que consegues ver aqueles momentos onde a vida até te beneficiou? Onde passaste de fininho entre as gotas da chuva?

Será que é mesmo tudo preto no branco? Será que a ti só te acontecem coisas boas, ou só acontecem coisas más? Será que és mesmo essa exceção à regra?

#Aceitação #União

Paz

O que te parece que é mais verdade? Que quando falas com o outro estás simplesmente a falar em voz alta para te ouvires, ou que estás a falar para explicares algo/ fazer compreender algo ao outro cujos contornos e vivências apenas tu conheces, apenas tu experienciaste?

O que te parece que é mais verdade? Que quando estás desconfiado do outro, ou em pé de guerra com o outro, estás a viver uma guerra contigo mesmo, com os teus valores, as tuas ideias, os teus conceitos, as tuas frustrações. Ou será que efectivamente o outro também te está a guerrear, a sentir, a pensar, a conspirar?

O que te parece que é mais verdade? Que o outro te ama incondicionalmente, ou será que se tu tiveres comportamentos que o outro não gosta ele se afasta?

O que te parece que é mais verdade? Que para viveres a tu vida em paz, necessitas de fazer a Paz contigo mesmo? Ou será que tudo à tua volta tem de ser um mar calmo, para que a tua vida corra pacificamente?

#Aceitação #Paz #Aconchego #Cântico da Vida

 

O Contra-Peso

Quando te apanhas a intimamente torcer para que o outro não seja feliz, não atinja aquilo que deseja, não concretize algo que pode ser importante para ele, Pára. Sem qualquer autocrítica, ou culpa, simplesmente pára um pouco. E respira.

Conseguirias inverter isso, abrir e relaxar o teu corpo para o sucesso e a felicidade do outro?

E se fosse através desta mudança, desta inversão, que as coisas também começassem a funcionar para ti? Começarias a pensar duas vezes, antes daquela bifidez ácida te acossar?

# Alteração de Padrões # Aceitação

Coragem Emocional

Sentes aquele ímpeto, aquela coragem? De enfrentar, de confrontar, de vencer os desafios do mundo?

E se a história fosse outra? A de te expores? Sentir-te-ias confortável em mostrares as tuas fragilidades, aquilo pelo qual de emocionas, os teu desejos escondidos?

Estarias confortável a expressares afetos? A dedicares o teu tempo, a tua atenção àquela pessoa ao teu lado, seja teu irmão, teu amigo, teu companheiro, um colega de trabalho?

Terias essa coragem? Como lidarias com a rejeição? Com aquela reacção que não esperarias?

# Matriz do Feminino # Aceitação