Monthly Archives: Maio 2018

Um Bálsamo muito especial

Quando vem aquela reacção a algo, e a frustração surge e logo depois a ladainha de desculpas.

Se apenas tivesse mais tempo! Ela não poderia dizer aquilo e ficar sem resposta! Ele não poderia fazer aquilo e eu ficar ali parada, sem reagir!

E ficámos ali dentro daquele turbilhão, a pensar em todos os argumentos e desculpas que nos levam a fazer aquilo, aquela reacção brusca e muitas vezes bruta, pouco pensada. E percorremos todas as razões para aquela situação, no entanto o desconforto mantém-se, aquela frustração permanece. E ali ficamos naquele rodopio mental que tenta acalmar aquelas emoções de injustiça, de coitadinho de mim, de um ego que quer razão.

Perante este labirinto sem saída, o que pode ser feito?

Respira, enche os pulmões de ar e apercebe-te que o gatilho que te separa da solução se chama auto-perdão. Aquela emoção de me perdoar pela reacção que tive (e não estamos a falar de guerras de razões), que a minha reacção não foi a melhor que poderia ter tido, que provavelmente magoei o outro, mas principalmente que me magoei a mim, porque afinal já poderia estar a reagir de forma diferente.  Experimentem e vejam o que vos acontece.

#Alquimia #Perdão

Corpo meu

Suspirámos muitas vezes pelo outro encantado que um dia vai chegar, para que possamos sentir um conforto de complemento. Assim não será uma alma gémea que muitas vezes aguardamos mas de alguém complementar, alguém que preencha aqueles espaços onde não gostamos/ não aceitamos o que somos.

Assim a fragilidade quer encontrar a força confiante, a insegurança que encontrar a terra firme, o emocional quer encontrar o prático, o controlo quer encontrar a flexibilidade, o pessimismo quer encontrar o encantamento do positivo, todas as polaridades querem encontrar o seu oposto. Assim nesta busca de equilíbrio, de procura de força pela existência de algo na sua totalidade, algo na sua forma completa, não será afinal o que inconscientemente buscamos?

Mas conseguiremos cultivar esta polaridade aqui dentro desta casa, num casamento de positivo e negativo neste corpo, nesta mente, neste espírito?

#Alquimia #Matriz do Masculino #Matriz do Feminino

De que somos forjados

Afinal de que são forjadas as nossas guerras? Estes conflitos que encetamos contra os outros, contra a aquela pessoa que é invejosa e que por isso não partilho nada com ela sobre a minha vida, a que é manipuladora e por isso estou sempre na defensiva com ela e com duas pedras na mão, a que é incompetente e que prejudica toda a minha eficiência, a que é preguiçosa e que por isso tenho de estar sempre atenta e a pressionar para que não relaxe.  Será que a pessoa é efectivamente isso e apenas isso?

E para além de tudo, e se o outro nos estiver a mostrar algo em nós que ainda nem reconhecemos.

Embora muito simples pode tornar-se difícil contactar-mos com estas pequenas realidades sobre nós.

Mas nada como começar… Afinal o que mexe contigo, que não aceitas no outro?

#Elevação Vibracional # Amor Incondicional

 

Beijo do Espelho

Esperar que alguém nos salve de nós mesmos, dos dias que acabam por se tornar sempre iguais, do nosso lugar seguro que se torna muitas vezes desconfortável.

Procuraremos neste sebastianismo, um encantado beijo que nos desperte para o quão capazes, bons, inteligentes, especiais e muito importantes podemos ser?

No entanto para que preciso do outro para tudo isto? Será que é por preguiça, desmazelo, falta de auto-estima, que não o fazemos nós mesmos? Não conseguiremos aturar-nos naqueles momentos difíceis, alimentar uma voz em nós que nos diz que tudo está bem, confia, propondo-nos assim estar intimamente ligados a nós mesmos.

Será que este sapo consegue dar um beijo no espelho e se transformar em príncipe?

#Harmonia #Tranquilidade #Beleza